Alergias

A alergia é uma reação de hipersensibilidade, que ocorre em indivíduos geneticamente predispostos e se manifesta de acordo com suas interações com o ambiente. A prevalência de doenças alérgicas está aumentando em todo o mundo, tanto nos países desenvolvidos como nos países em desenvolvimento. As doenças alérgicas podem se apresentar de forma isolada ou associada e incluem alergia alimentar, a drogas, insetos, asma, rinite, ocular, anafilaxia, eczema, urticária e angioedema.

Os hábitos de vida modernos são relacionados com o grande aumento da incidência não apenas das doenças alérgicas mas também da obesidade, doenças inflamatórias, autoimunes e o câncer. Uma das explicações para a epidemia das doenças alérgicas e auto-imunes é a hipótese da higiene.

Ela se baseia nas publicações que demonstraram associação inversa entre alergia e exposição a infecções virais, bacterianas e helmínticas.De acordo com a hipótese da higiene, as políticas de vacinação e de saneamento básico implantadas nas últimas décadas em países desenvolvidos previnem doenças infecciosas na infância, o que impede o equilíbrio imunológico, com predominância da resposta imune do linfócito T auxiliar 2 (Th2) explicando o aumento da prevalência de doenças alérgicas.

Os mecanismos regulatórios induzidos por agentes infecciosos também inibem a resposta imune Th1 ( linfócito T auxiliar 1 ) exacerbada e provavelmente as infecções tenham capacidade de prevenir também o surgimento de doenças auto-imunes.